Postagens

Mostrando postagens de 2010

Avesso

Imagem
Sou do mundo Esmiuçando a minha poesia Sou o raso e o fundo A prática e a teoria.
Ando pelas palavras Em claustro de sentimentos Ora livre,ora escrava Desatando meus conceitos.
Me revisto e desarmo Atiro fogo na expressão Lanço métricas e escárnio Sou poesia na contramão.
Vivo do meu avesso E sobras me interessam Sou o meu contexto Vida e obra que se mescla.
E revestida para o ocaso Ao avesso,sem me ver Corro pelas palavras E não esqueço de você. ®IatamyraRocha


[Imagem :Dânae- Gustav Klimt]

Cachoeiras

Imagem
As vezes me surpreendo,tentando segurar o vento Simples medo que ele me arraste para fora de mim Como se eu não fosse um fragmento do tempo E que o vento não me levasse no fim.
Flertando com o ocaso Mas com medo de me entregar Ignorando o acaso E o vento,que me leva a algum lugar.
Sou uma simples poeira De estrelas ou de luar Uma alma de cachoeira Que corre em direção ao mar.
As vezes me surpreendo Sorrindo um sorriso duro Sofrendo e nascendo Em direção ao vento puro. ®IatamyraRocha

Exílio poético

Imagem
Ao toque singelo
De palavras no silêncio
No meu peito martelam
Poemas de lamento.


Saudades virtuais
Sangram meu coração
Em lágrimas reais
E torrentes de emoção.


Rimas do exílio
Poesias maltratadas
Páginas arrancadas
Poetisa em martírio.


Minha poesia sangra
Gota a gota a verdade
Do algoz que encanta
Com mentira e vaidade.


Minhas palavras escassas
Não vão ter fim
Enquanto a poesia gritar
Toda a verdade dentro de mim.


Aos amigos um abraço
Saudades do jardim
O carinho virtual e laços
Nunca vão ter fim.
®IatamyraRocha

Outubro Rosa

Imagem
Rosa da vida
Alimento
Beleza
Porto
Amor
O toque divino
Som de violinos
Mamas em cor
Outubro de esplendor.
®IatamyraRocha


Durante todo o mês acontece a blogagem coletiva em prol da campanha OUTUBRO ROSA ,contra o cancêr de mama,vamos ajudar a informar sobre o tema mudando vidas,participe você também : No Blog,no Twitter,no Flickr basta usar, #outubrorosa.
 A campanha lançou um site com informações :


www.mulherconsciente.com.br

Quem ama cuida,ame-se e cuide-se por quem você ama,faça o auto exame regularmente,e a mamografia,a partir dos 30 anos se você possui histórico da doença na família,e a partir dos 40 anos,para quem não tem histórico familiar;mais detalhes e informação sobre o cancêr de mama masculino e feminino,no vídeo abaixo APERTE O PLAY !!!





Concâvo e convexo

Tão difícil falar
Em teu mundo de caos
A palavra penetrar
Navegar sem naus.

Se te amei,me iludi
Se te usei,me redimi
Em céus e infernos
Casebres e castelos
Por você entrei
Da verdade te resguardei.


Tão difícil amar
Complexo e sem nexo
Como remédio sem bula
Como doença sem cura
O côncavo eo convexo
Da música do Roberto.


Meu amor por você
Não se lembra de te esquecer
E o meu corpo
Mesmo em outro corpo
Só imagina teu rosto
Só sente teu gosto
Sou assim sem te ter.
®IatamyraRocha


As mãos

Imagem
{Para minha única irmâ Iatayse da Rocha Freire,te amo feliz aniversário}

As mãos enlaçam
Afagam
Pedem perdão
As mãos te cobrem
Descobrem
Dão ilusão
As mãos trabalham
Retratam
Cumprem missão
As mãos amam
Abraçam
Tocam o coração
As mãos compõem
Constroem
Fazem canção
As mãos sonham
Transbordam
Pura oração.
®IatamyraRocha

Biografia

Imagem
Sou corpo   Fraco,forte Sou espírito   Vida,morte Sou humana   Sagrada,profana Sou amor   Andor,ardor Sou paixão   Alimento,solidão Sou sexo   Complexo,reflexo Sou vida   Chegada,partida Sou poetisa   Furacão,brisa Sou palavras   Fogo,água Sou tudo e nada   Vento pela estrada. ®IatamyraRocha







Declamando

Imagem
Ao te sentir cuspir em desejos Meu corpo apela e te vela de beijos Ao te ouvir suar em gemidos Meu corpo reza em pedidos Ao te despir flores e poemas Meu corpo prova teu teorema Ao te amar e te declamar Meu corpo te eleva ao altar. ®IatamyraRocha

Diversos versos que eu confesso

Imagem
Em meio a um jardim de versos Entre ervas daninhas e amor perfeito As palavras desenham em meu peito Pensamentos diversos...
Penso ao vento... Misturas de emoções Viro um cata-vento E rodopio ilusões...
Sonhos do meu eu sonhador Cantados e amados em rimas Em devaneios e pantomimas Desta poetisa do amor. ®IatamyraRocha


Simplesmente Amor

Imagem
As palavras de amor mais lindas... São ditas na poesia dos abraços... Nos beijos em forma de poemas Na música,das batidas de felicidade do coração No amor repleto Transbordando de plenitude... Sentido com se estivesse em pleno vôo Voando nas altitudes,sem sair do chão Amando com toda a intensidade da paixão O amor em toda a sua essência... Nos versos e sua cadência... O amor.... Que as palavras não traduzem... Só um coração,aconchegado em abraços... Em um outro coração... Pode entender esse milagre sem tradução. ®IatamyraRocha

Coração Independente

Imagem
Tem dia que acordo contando o tempo... Mapeando as estrelas... Catalogando os pensamentos... Não sei porque acordo assim... Visto que o tempo pode parar... Preso em algum lugar... Em que meu coração estar... Ahh....Meu coração.... Tão incógnita... Quanto uma canção em língua morta... Tão independente de mim.... Que me faz depender dele assim... Tão incoerente... Quase ausente de moral... Bate em um ritmo próprio... Faz da sua dança um mistério... E da cadência da mesma... O que tem de mais belo... E mais puro de certezas... Meu coração bate em mim... Em pegadinhas... Tipo, surpresas nas entrelinhas... Me vejo corar com um olhar... Ao ver um completo estranho passar... Me pego suspirando por um... Tendo outra boca a me beijar... Meu coração não tem remorso algum... Pisa nas minhas vontades... É alheio as minhas verdades... Não adianta contar o tempo assim... Pois meu coração sempre zomba de mim. ®IatamyraRocha

Pecados

Imagem
O meu amor por você Supera todo o entendimento Toda a razão de sentir Estou tão perto Mesmo sem estar perto de ti Sinto teu amor Dentro e fora de mim E em todos os passos que você der Sinta minha mão apertando a tua Como só a minha mão fazia Não procure entender,só aceite Tudo o que o meu amor,pode te oferecer Mesmo um outro coração,a te ofertar O que só eu sei que posso dar Quero abrir um sorriso E um brilho em teu olhar É tão fácil amar O meu amor Eterno em você vai ficar E o perdão dos nossos pecados O tempo vai ofertar. ®IatamyraRocha





Raízes do vento

Imagem
As raízes do vento Prendem lembranças Entorpece o corpo Engana o tempo Suspende as horas Cristaliza a aurora
Da raíz,o profundo Ao vento,levo amores Regados ao mundo Numa sequência de cores Fortes e levianas Sussuradas em preces profanas
Na ilusão reinventada De amores consumidos Pedaços ficam na estrada Romances proibidos Lágrimas em lamento Nas raízes do vento. ®IatamyraRocha


Sentidos

Imagem
Fecho os meus poros
Para não suar ao teu toque
Apago meu paladar
Para não sucumbir ao teu gosto
Tapo meus ouvidos
Para não ouvir a tua música
Adormeço meus olhos
Para não acordar o brilho dos teus
Anulo meu olfato
Para não derreter no teu cheiro
Mato os meus sentidos
Para não cair no teu abismo
Esqueço de mim
Para não me desenhar você.
®IatamyraRocha

A Poesia Sangrou

Imagem
A festa acabou Apagaram-se as estrelas Limparam as rezas Amordaçaram a música O silêncio reinou
A festa acabou Apedrejaram o amor Beijaram os bolsos Queimaram a flor A rainha chorou
A poesia sangrou Os covardes calaram As cores desbotaram O cristal enferrujou A festa acabou. ®IatamyraRocha

Fio de Amor

Imagem
Vejo-te assim Como um fio invisível Tecendo teu amor  Dentro de mim Com cuidado e atenção Caprichoso e criativo Sempre segurando minha mão Conduzindo-me por um rio sinuoso Cicatrizando o meu coração E vai fiando com todas as cores Emprestadas por teus amores Tua paciência dói em mim Tortura a minha razão Da um nó nas palavras A procura de tintas calmas Me deixa em submissão Com teu coração Arrancado em minhas mãos. ®IatamyraRocha

Ao eterno amor

Imagem
Amo teu sorriso Acorda meu silêncio Enraíza na minha alma Quebra minhas mágoas Renova o meu amor Resgata as boas lembranças Faz-me feliz como uma criança O teu sorriso é mel Fruto doce que restou Do meu primeiro amor Cheio de pecado inocente Mar de águas tranquilas Descobertas de fogo Amor puro sem jogo Amo teu sorriso em mim Sorriso que o tempo não apagou Impresso na nossa alma Sobrevivente do amor O amor que sempre irá nos escolher Mesmo sem a gente saber. Nunca se esqueça que sempre irei amar você. ®IatamyraRocha

Limiar

Imagem
Sou questionadora Às vezes sedutora Seduzo ao questionar E ouso ao expressar O tempo e o espaço Preso dentro de nos No limiar da voz Questiono loucuras Ou seriam agruras Às vezes perco a razão Só devaneios do coração Ou talvez muita solidão As palavras me ardem Mudam o foco da minha paisagem Peregrinam no frescor da aragem Sementes soltas no ar Sedução sem se aproximar Enigmas de uma mente fértil Brotando em um país estéril Mas tão belo... E pouco sincero. ®IatamyraRocha

Fim de tarde

Imagem
Sinto saudade... Não da amizade... Do fim de tarde... Da voz pontual... Da tua cara de pau... Sinto saudade... De voltar aos quinze... Me sentir livre... Não olhar idade... Nem fidelidade... Sinto saudade... Da aventura... De toda a loucura... Prender-me a você... E só pensar em prazer. ®IatamyraRocha

Canto ao Dia

Imagem
Canto... Com tudo me encanto... Entoando melodias.... Iluminando meu dia... Traduzindo alegrias...

Reverencio o sol... Desenhando um sorriso... Acordando o seu riso... Buscando nuvens rosa... Contando uma prosa...


Grito BOMM DIAAA!!! Ao horizonte.... A minha voz ao longe... Ecoa na praia.... Arrepia a areia.. Encanta a sereia..

. Falo ao vento... Cores e energias... Para soprar á quem lê... Todas as alegrias... Um dia lindo para você. ®IatamyraRocha


Desejo de mar

Imagem
Amo-te... Com o coração de dor... Saudades... Daquele nosso amor... Que aos poucos esvaziou...
Desejo... O tempo perdido... Sentimentos esquecidos... Flutuar no teu beijo... Refletir teu olhar... Amar....
Sentir... Teu cheiro de mar... Teu gosto de sal... Mistura-me a areia.. Sorrir...
Saudades... Do sentimento.... Que mudou de estação... Saudades... De paixão. ®IatamyraRocha

Asas de ilusão

Imagem
Asas de ilusão... Voando e pousando... No mar da incompreensão... Deixando em portos... Só desgostos... Sonhos destroçados... Amores mal amados... Restos de melodias... Cantadas sem a luz do dia... Deixa a poeta na solidão... Rimando versos... Sem inspiração... Sentindo a falta de amor... De um abraço.... De voar... Para seus braços... E te amar... Até me entregar... Ao cansaço. ®IatamyraRocha