Raízes do vento

As raízes do vento
Prendem lembranças
Entorpece o corpo
Engana o tempo
Suspende as horas
Cristaliza a aurora

Da raíz,o profundo
Ao vento,levo amores
Regados ao mundo
Numa sequência de cores
Fortes e levianas
Sussuradas em preces profanas

Na ilusão reinventada
De amores consumidos
Pedaços ficam na estrada
Romances proibidos
Lágrimas em lamento
Nas raízes do vento.
®IatamyraRocha



Comentários

oi minha querida poetisa, muito obrigado pelos elogios, seu blog é lindo e seus poemais ainda mais...parabens mesmo.

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres poetas

Lumes

A República