Sentidos




Fecho os meus poros
Para não suar ao teu toque
Apago meu paladar
Para não sucumbir ao teu gosto
Tapo meus ouvidos
Para não ouvir a tua música
Adormeço meus olhos
Para não acordar o brilho dos teus
Anulo meu olfato
Para não derreter no teu cheiro
Mato os meus sentidos
Para não cair no teu abismo
Esqueço de mim
Para não me desenhar você.
®IatamyraRocha

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres poetas

Poemas: Fênix e Versos metafisicos