Versos Confessos


Eu toco em ti em pensamentos
Com olhos, amor e palavras
Que desprendem em folhas ao vento.

Eu escrevo em ti com meus versos
Com meu sentir profundo
Os meus desejos inconfessos.

Eu olho em ti só o mar
Flutuando em fulgores
Sobre o azul perpendicular.


Eu beijo em ti teus segredos
Que desvendam estrelas
No céu dos meus medos.


Eu canto em ti uma serenata
Recitando em teus rochedos
A suavidade das tuas águas.


Eu deságuo em ti meus rios
Sussurrantes e termais
Em explosões e desvarios.


Eu acomodo em ti meu colo
Meu carinho revelado
Minha essência, meus poros.


Eu me sinto em ti
Como poesia concreta
Quando versas em mim
Tuas palavras indiscretas.
®IatamyraRocha

Profana/Prisma 







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres poetas

Poemas: Fênix e Versos metafisicos