Calmarias

Aquieta-me esse ar
Esse cheiro de paz
Essa fome de mar

Aquieta-me respirar tuas palavras
Tuas torrentes e mágoas
Esse teu amar

Aquieta-me tocar tua tela
Decifrar tua aquarela
Pintar teu luar

Aquieta-me esse sol
Que me lambe o rosto
E me faz pulsar


Aquieta-me esse vento
Que me leva ao teu templo
Só para te olhar


Aquieta-me esse sonhar
Que devora meu poema
Só para me aquietar


Aquieta-me essa calmaria
Essa foz,essa alegria
Esse teu cantar.
®IatamyraRocha


Ondas/Despetálas



Comentários

Josette Garcia disse…
Dei uma passadinha para embalar a alma nesse mar. Bom começar a semana lendo linhas tão inspiradoras. Magnífico...
Leila Onofre disse…
VISITEI VINDA DOS POETAS NO FACEBOOK E AMEI....BEIJOS
Iatamyra Rocha disse…
Obrigada Leila, seja sempre bem vinda...Bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres poetas

Lumes

A República