Perfumes

 
Toques de alma
Acendem os sentidos
Quando palavras são acolhidas
Para o além dos ouvidos.


A alma se enlaça
Em um mantra invisível
Suspende a terra
Em uma paz indefinível.

Os olhos transpiram
A boca adoça
As mãos enlaçam
O coração transborda.

Mistérios do mundo
Quando almas se encontram
Os céus transpiram
E os versos remontam.

O toque do acaso
Como o cair de uma folha
Que ao chão nutre
Para que uma fruta se colha.

Como música
De Paz e Amor
Selam-se vidas
Na essência em flor.
®IatamyraRocha 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres poetas

Poemas: Fênix e Versos metafisicos

A República