Relevos



A folha em branco
pulsa como um pênis a espera
penetro minha palavra
na escolha de fazer meu verso soar.

Movimento minha poesia
como quem morre
estendendo braços d'água
soltos gozos no ar.

Risco raios de sol
a queima roupa no chão
sinto resquícios de farol
sou mar na contramão.
 
Apelo no pelo zelo
pausas nas pautas íngremes
ainda me escrevem
à faca.
- Iatamyra Rocha 

"É magnífico ouvir o silêncio daquele homem."
- Thomas Hardy


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres poetas

Lumes

A República