Minuetos

No Efêmero: Cópia reprodução da tela: "A Cadeira de Van Gogh com Cachimbo." obra de 1888 do pintor Holandês VINCENT VAN GOGH.   

Apreciar arte
é ter simples apreço
avaliar as linhas em parte
verso de curvas sem preço.
 
A beleza é o movimento
das cores,das telas e do amor
flores e impressões do momento
atemporais no pincel do pintor.
 
A cadeira é a pausa precisa do olhar
perspectivas oriundas da história
obtendo contra ponto de se encantar
vista de pontos da memória.
 
Van Gogh e Gauguin na poesia
magia de tintas e vidas impressas na luz
traçados únicos de tantos mares que havia
amarelos nos tons que brilha a cruz.
 
Nessa época reflete a palavra
ao sentir todas introspecções
reflexo no intimo da alma
impulso novo aos corações.
- Iatamyra Rocha 
 
 
 
"Acredito cada vez mais que não se deve julgar o bom Deus por esse mundo, pois foi um estudo dele que saiu errado."
- Vincent Van Gogh
 
 
 
 
 
 
 
 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres poetas

Poemas: Fênix e Versos metafisicos

A República