Umbilical


Volta e meia
Contorço o verso
Torno cheio com as mãos
Circulo veio
Escorre o chão


Arredondando devagar
Arranco tronco
Marola no mar


Diminuindo cada volta
Casco duro de imbua
Concha redemoinha no ouvido
Labirinto de rendeira,não Poá


Abrigo no ventre próprio
Acolhido encolhido
Engolido lido
Umbigo
Micróbio


Dobro em várias partes
Desdobrando marte
Miolo volto
Embolo de arte


Palavra mole
Flexível ao fole
Bole aqui dentro
Contentamento
Arbóreo


Descrevo enquanto
Abstrato laboral
Quântico cântico
Residual


Aquoso é o poema
Escoou na pedra
Escoro quorum à medra
Até ponto de fio.
- Iatamyra Rocha


"A um passo
do pássaro
res
piro."
- Orides Fontela

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres poetas

Poemas: Fênix e Versos metafisicos

A República