Linguagem





Sinto um vazio,
resultado do meu exílio
voluntário.
[ou temerário]
Sei que o sentido é igual a razão,
pondero,espero,
dou vazão.
Mas,esse oco insiste,
desafia, desarma,
existe.
Talvez eu não queira
escutar esse ardor atravessado,
que me tira do prumo,
perfeita tradução do amor
refazendo meu rumo.
Ou o medo sopre
espinhos,
ferindo meus pés
na volta ao teu caminho.
Talvez,
só a tua pronúncia
seja a loucura
que falta a minha
linguagem.
[bagagem]
- Iatamyra Rocha

"Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem."
- Traduzir-se de Ferreira Gullar


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres poetas

Poemas: Fênix e Versos metafisicos

Lumes